Foto: Marcos Labanca

Foto: Marcos Labanca

Com eventos destinados ao trade, comunidades e trabalhadores, a Secretaria Municipal de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos conclui o ciclo de pré-conferências setorizadas. Os encontros são preparatórios à 3ª Conferência Municipal de Turismo, em setembro.

Nesta sexta-feira, 23, às 18h30, a pré-conferência é dirigida a representantes de entidades, lideranças setoriais e profissionais do turismo. Sábado, 24, às 13h30, as comunidades e trabalhadores de diversos segmentos participam do encontro. Os eventos são na Fundação Cultural.

De acordo com Gilmar Piolla, debates vão além do turismo e abordam a cidade como um todo. Foto Marcos Labanca

Foto: Marcos Labanca

Para o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla, as pré-conferências promovem discussões aprofundadas sobre o turismo, entre diferentes públicos. As propostas, explica, nortearão um plano estratégico para o setor, a vigorar na próxima década.

“São debates que vão além do turismo e abordam a cidade como um todo, em áreas como infraestrutura, mobilidade, segurança, cultura, sustentabilidade, urbanismo, entre outras”, acentuou. “Os cinco eixos das pré-conferências permitem pensarmos grande. Estamos lançando as ideias que vamos perseguir nos dez anos que virão”, apontou Piolla.

Foz do Iguaçu do futuro

Foto: Marcos Labanca

Foto: Marcos Labanca

Integrantes de organizações da sociedade civil organizada participaram de pré-conferência setorizada nessa quarta-feira, 21. Os debates tiveram como foco propostas para o desenvolvimento integral de Foz do Iguaçu, a partir de proposições estruturantes.

Presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Codefoz), Mario Camargo afirmou que a discussão em torno do futuro do turismo acontece em um contexto favorável. Ele referiu-se às grandes obras de infraestrutura em execução ou programadas.

“O momento é muito oportuno para esse planejamento. Foz do Iguaçu passará por uma grande transformação com a Ponte da Integração, a Perimetral Leste, a ampliação do aeroporto e outras obras. Estamos constituindo um ambiente muito propício para o turismo”, frisou.

Foto: Marcos Labanca

Foto: Marcos Labanca

A responsável pelo Setor de Uso Público do Parque Nacional do Iguaçu, Cibele Amato, destacou a diversidade de visões presentes nos debates da pré-conferência de turismo. Ela mencionou o planejamento em torno do Plano Municipal de Turismo.

“Se imaginarmos o plano como um prisma, quanto mais visões diferentes a gente tiver, mais rico ele vai ficar. Por isso a participação de diversos setores nesse debate resulta em diferentes visões que enriquecem essa diretriz de planejamento para o turismo”, expôs Cibele.

Foto: Marcos Labanca

Foto: Marcos Labanca

Para a presidente da ONG Esportiva Meninos das Cataratas, Cidineia Rojas, a pré-conferência possibilitou interação e troca de experiências entre segmentos de várias áreas. Sua entidade mantém projetos sociais em regiões populares do município.

“Nosso desafio é termos um grande destino turístico e desenvolvimento da nossa base, do social”, defendeu. “Projetos a jovens e comunidades, por exemplo, ajudam a construir uma cidade melhor, cidadã, e as pessoas têm condições de aproveitar mais as oportunidades geradas pelo turismo”, disse.

Realização

As pré-conferências e a conferência são realizadas pela Prefeitura de Foz do Iguaçu, por meio da Secretaria de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, em parceria com o Conselho Municipal de Turismo. Participam da mobilização o Fundo Iguaçu, Visit Iguassu, universidades e outras instituições da Gestão Integrada do Turismo.

Pré-conferências de turismo

Entidades, lideranças setoriais e profissionais do turismo

Data: 23 de agosto (sexta-feira), às 18h30

Comunidades e trabalhadores

Data: 24 de agosto (sábado), às 13h30

Local: Fundação Cultural (Rua Benjamin Constant, 62, centro)

Inscrições: www.pmfi.pr.gov.br ou https://bit.ly/2SHDHjN