hospedagem-turismoTodos os meios de hospedagem brasileiros devem usar o novo Sistema Nacional de Registro de Hóspedes (SNRHos) a partir desta segunda-feira, dia 1º. O objetivo é informatizar a Ficha Nacional de Registro de Hóspedes, facilitando o envio das informações ao Ministério do Turismo e permitindo, assim, que o governo federal potencialize as informações.

Com os dados, o governo pretende elaborar um perfil mais completo dos hóspedes, identificando as características do turista e as taxas de ocupação hoteleira de cada região. Futuramente o banco de dados vai ajudar a melhorar a elaboração de políticas públicas direcionadas ao setor turístico.

A medida vale para hotéis, pousadas, hospedarias, motéis, apart-hotéis, albergues, motéis, campings, dormitórios e pensões. Para o presidente do Sindhotéis, Carlos Silva, “a adesão dos meios de hospedagem de pequeno, médio e grande porte é importante porque vai possibilitar criar um banco de dados que será usado a favor do Destino Iguaçu”. 

Prazos – A utilização do Sistema Nacional de Registro de Hóspedes já está valendo desde 1º de novembro de 2012 para as cidades-sede da Copa das Confederações e desde 1º de março de 2013 para as demais cidades-sede da Copa do Mundo. Agora passa a ser obrigatória para os demais municípios do país.

As novas regras seguem as exigências da Lei 11.771/2008 e do Decreto 7.381/2010. Dúvidas sobre a legislação e outras informações podem ser esclarecidas no site www.hospedagem.turismo.gov.br ou pela central de atendimento no telefone 0800 606 8484. 

SERVIÇO:
Sistema Nacional de Registro de Hóspedes
www.hospedagem.turismo.gov.br
0800 606 8484 

(Grampo Comunicação)